• Portalinho

Realização: Paulo Guilherme

Argumento: Carla Baptista

Curta-metragem, 20 min., 2004 / Drama

Ninguém chora a morte do Doutor Jacinto. Bebe-se das pipas do seu vinho, divide-se o seu ouro e a sua casa mas, para os homens que restam na aldeia, suficientes à justa para carregar com o caixão pelos tortuosos caminhos de montanha que levam ao cemitério, o fardo não é aceite de bom grado. Encravada entre montes escarpados, as terras de Portalinho estão isoladas do mundo. “O morto matou” diz o povo à socapa. O Doutor jamais abandonará a aldeia. A sua herança perdurará.

Festivais:

2006

Lisbon Village Festival – Lisboa, Portugal;

Cineport, Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa – Lagos, Portugal;

XIII Caminhos do Cinema Português – Coimbra, Portugal;

2005

7th International Panorama of Independent Filmmakers of Film and Vídeo – Grécia;

Festroia, International Film Festival – Setúbal, Portugal.

Elenco:

ISABEL SILVESTRE – Irene

RAQUEL DIAS – Lara

FERNANDO HEITOR – Adriano

BRUNO BRAVO – Daniel

MARIA DILAR – mulher

GONÇALINHO ALVES – José

ADELINO TAVARES – Luís

JOSÉ MORA RAMOS – Rodrigo

GREGÓRIO SILVESTRE – morto

EMÍDIA OLIVEIRA, FÁTIMA COSTA, MARIA CONCEIÇÃO GONÇALVES, NATÁLIA DO AIDO, ODETE PINTO e SUSANA COSTA – mulheres funeral

 

Equipa:

Assistente de Realização – ÂNGELA SEQUEIRA

Produtores – CATARINA FORTES e FERNANDO VENDRELL

Directora de Produção – ISABEL SILVA

Chefe de Produção – ANDREIA BASÍLIO

Secretária de Produção – SELMA CIFKA

Assistente de Produção – NUNO GABRIEL MELO

Director de Fotografia – JOÃO GUERRA

Assistente de Imagem – CÉSAR CASSACA

Chefe Electricista – PEDRO CURTO

Chefe Maquinista – JOSÉ ALVES

Director de Som – FRANCISCO VELOSO

Cenografia e Adereços – PATRÍCIA MARAVILHA

Guarda-Roupa – CARLA SEQUEIRA

Caracterização – EDUARDO COSTA

Montagem – EDGAR FELDMAN

Montagem de Som – HUGO REIS